Crónica do Derbi entre a A.C.R. Guilhofrei e o G.D. Mosteiro

Primeira Divisão – Série D

ACR Guilhofrei – 1GD Mosteiro – 1

Derbi terminou empatado com golos de Vítor Vieira e Rui Alves.

Campo Desportivo José Joaquim Pereira

Árbitros – Filipe Antunes, Miguel Silva e Patricia Carneiro

A.C.R. DE GUILHOFREI: Adelino, Moreira, Tico, Hélder, Márcio, Dani, Rui Alves, Vilaverde (Marco), Lucho (Paulinho), Focas e Antonio (Peru)

GD MOSTEIRO Avelino, Chalinka, Capela, Pedro Vale, Rúben, Luís henrique, João, Pinto, Tiago, Zé Tó e Vítor Vieira.

Jogaram ainda Zé Carlos, PP e Marco Loura

Golos: Vítor Vieira (Mosteiro) e Rui Alves (Guilhofrei)

 

O jogo entre o Mosteiro e o Guilhofrei terminou com um empate a uma bola, a Rádio Alto Ave ouviu Miguel Alexandre Costa, treinador do Guilhofrei e Vítor Vieira, capitão do Mosteiro. O treinador do Guilhofrei sentiu-se prejudicado e fala mesmo em quatro penaltis que não foram marcados a favor da sua equipa, e prometeu lutar com todas as forças pelo primeiro lugar, que “diz estar a incomodar muita gente”. Vítor Vieira por seu lado falou em boa organização do Mosteiro e reconheceu que o Guilhofrei foi melhor em quase todo o jogo.

 

Miguel Alexandre Costa (Treinador do Guilhofrei)

“Foi um jogo completamente dominado pelo Guilhofrei onde o Mosteiro marcou no único remate que fez à baliza. Tivemos mais posse de bola, mais ataques, mais oportunidades de golo. Fomos a melhor equipa em campo.”

Miguel Alexandre Costa referiu ainda que a sua equipa não ganhou porque o trio de arbitragem, não deixou, lembrando os penaltis não marcados a favor da sua equipa.

“Hoje não nos deixaram ganhar. Foi a vergonha que se viu durante os noventa minutos. Tivemos quatro penáltis a favor e nenhum foi marcado. Houve ainda muitas entradas agressivas por parte dos jogadores do Mosteiro. Fomos condicionados o jogo todo, para não dizer outra coisa.”

Quanto ao título o treinador do Guilhofrei, deixou alguns recados, e lembrou que a sua equipa vai lutar por ele com todas as suas forças.

“Parece que o primeiro lugar do Guilhofrei está a incomodar muita gente. Mas estamos lá por mérito próprio. Trabalhamos muito para estar onde estamos e não admito que brinquem com o esforço dos meus jogadores. Podem ter a certeza que vamos lutar até ao último segundo, até à última gota de suor por este título.”

Do lado do Mosteiro, ouvimos Vítor Vieira, autor do golo através de livre direto ainda no primeiro período do jogo.

“ Tivemos boa organização, o Guilhofrei foi superior em quase todo o jogo.”

“O Mosteiro apresentou-se bem organizado em Guilhofrei. No entanto o Guilhofrei foi superior em quase todo o jogo, quanto a nós, conseguimos definir bem a nossa estratégia, que passava por chamar o adversário e sair rápido em contra-ataque , para tentar surpreendê-los, no entanto tínhamos em mente também as bolas paradas, que acabaram por nos permitir chegar ao golo na primeira parte. Na segunda parte o Guilhofrei acabou por chegar ao empate fruto da sua persistência, colocando a incerteza no resultado, nós acabamos por saber sofrer, diante um adversário de qualidade que acabou por desperdiça algumas oportunidades para fazer mais golos. Foi um derbi em que estivaram em campo duas equipas que se entregaram totalmente ao jogo na procura do melhor resultado.”

António Silva