XVI Conferência CAVA

Teve lugar no dia 8 de Maio de 2018, pelas 16 horas, na Casa Museu Adelino Ângelo, em Vieira do Minho, mais uma  edição das Conferências CAVA, desta feita a XVI.

Desta feita, a figura de destaque foi o Maestro António Victorino d`Almeida, famoso compositor, maestro, pianista, escritor e apresentador que, sob o tema “Os jovens, a dignidade e a arte”, deliciou e envolveu todo o auditório aí presente com a sua intervenção marcadamente bem disposta, pessoal, descomplexada, informal, dialogante, viva e emocionante.

A interacção com o público, durante o período de cerca de hora e meia, foi uma constante, sobretudo na relação de proximidade com os mais jovens (alunos do ensino articulado de música), tendo o orador, em alguns momentos, ilustrado musicalmente as suas intervenções, com recurso a excertos de peças de autores famosos de música clássica.

A sessão, contando com mais de 100 pessoas, teve, também, na abertura, a participação da Sociedade Filarmónica de Vilar Chão que interpretou dois temas muito conhecidos: o hino de Vieira e o hino de Vilar Chão. A finalização esteve a cargo da Sociedade Filarmónica de Vieira do Minho que, em conjunto com quatro elementos do coro, interpretou o tema “Halleluia”, de Leonard Cohen.

Esta sessão teve, também, um cariz muito especial, já que foi saudada por Sua Excelência o Presidente da República, através de uma missiva que enviou e que foi lida pelo Presidente do CAVA, Filipe de Oliveira.

Para coroar esta sessão, qual cereja no topo do bolo, o orador, tendo sido desafiado para tal, interpretou uma valsa romântica com os cotovelos, curiosamente o mesmo tema e nos mesmos moldes que interpretara em 1969, aquando da sua participação na 1.ª sessão do programa ZIP-ZIP, na RTP, interpretação esta que foi degustada por todos, num momento de verdadeiro gáudio.

Também à semelhança das anteriores, a sessão deste ano resultou de uma parceria entre o CAVA e o Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo e teve o apoio da Rádio Alto Ave, do Jornal de Vieira, do IPDJ, I. P. e da Câmara Municipal de Vieira do Minho.

A iniciativa reforçou, mais uma vez, o já enorme e valoroso contributo do CAVA no enriquecimento e envolvência cultural, pedagógica, formativa e cívica do concelho de Vieira do Minho.