Pró-Nacional AF Braga

Ferros seguram vitória do Vieira com carimbo de “El Matador” Ricardo Cruz.

O Vieira garantiu ontem uma vitória sofrida diante o Pevidém, que teve um início forte, mas permitiu ao Vieira controlar e dominar os primeiros 45 minutos. Zézé com toque subtil acertou no ferro superior da baliza de Pedro Silva, decorria o minuto 7 do jogo. A partir daí foram os homens de Vieira do Minho a dispor das melhores oportunidades, com Luca a desperdiçar aos 17 minutos oportunidade soberana, o capitão dos canários foi chamado à conversão de um penalti, a castigar uma falta sobre Ricardo Cruz, mas acabou por ver André Ferreira negar-lhe o golo com uma bela intervenção. André Ferreira voltou a estar em destaque após livre marcado por Pedrinho defendendo em cima da linha de golo. Aos 22 minutos bola metida nas costas dos centrais para Ricardo Cruz, que acabou por ganhar a lateral do seu opositor, acabando por rematar para o fundo da rede de André Ferreira que à terceira tentativa dos Vieirense não conseguiu evitar o golo. Golo que o Vieira merecia, e procurou com arte e qualidade de jogo antes do intervalo. A segunda metade resume-se ao domínio do Pevidém, que trabalhou muito, apresentou qualidade de jogo, mas acabou por não ter a sorte do seu lado, já que os ferros impediram que o resultado lhe fosse favorável. Arbitragem positiva.