Grande Prémio do Minho em ciclismo em Vieira do Minho

O Grande Prémio do Minho em ciclismo regressa à estrada de 25 a 28 de julho com Melgaço, Guimarães e Vieira do Minho a assumirem um papel de destaque no desenrolar da competição. Destinado ao escalão de juniores e organizado pela Associação de Ciclismo do Minho, em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo, o 31º Grande Prémio do Minho será disputado por um pelotão de cerca de centena e meia de ciclistas em representação de 24 equipas, 17 portuguesas, uma belga, uma colombiana e cinco espanholas.

Com o arranque da competição em Melgaço com um contrarrelógio por equipas, a primeira etapa terá início no centro da cidade de Guimarães e terminará em Santo Antonino, na freguesia vimaranense de Mesão Frio. Vieira do Minho, terra de encantos, ao acolher a partida e chegada da segunda etapa será o concelho que ajudará a definir o vencedor da 31ª edição do Grande Prémio do Minho. O pelotão rumará no último dia até Melgaço, o Município mais a Norte de Portugal, para enfrentar um trajeto delineado no “destino de natureza mais radical de Portugal” que terminará em Castro Laboreiro onde no ano passado se assistiu a uma chegada épica do Grande Prémio do Minho.

Passagem em Vieira do Minho

2ª etapa – Sábado, 27 de julho de 2019

Vieira do Minho > Vieira do Minho – 97 km´s

Vieira do Minho – Terra de Encantos

Partida: 13h00 – Avenida Barjona de Freitas (Vieira do Minho)

Chegada: 15h33 – Avenida Barjona de Freitas (Vieira do Minho)

Metas Prémio da Montanha

• Serradela (1ª catª) – Km 43,4 (melhor horário: 14h08) – MM Arrecadações da Quintã

Metas Volantes

• Vieira do Minho (passagem pela meta) – Km 19,3 (melhor horário: 13h30) – MV SCORE Tech

• Vieira do Minho (passagem pela meta) – Km 75,1 (melhor horário: 14h58) – MV SCORE Tech

Vieirenses vão participar na Taça d’Ouro – Especial Rally Sprint Póvoa de Lanhoso

A Taça d’Ouro – Especial Rally Sprint Póvoa de Lanhoso está de volta! A 2ª edição da Taça D´Ouro, organizada pelo Município da Póvoa de Lanhoso, Clube Automóvel do Minho e Team Baia., realiza-se no dia 06 de Julho de 2019, e será um sábado de espectáculo na Póvoa de Lanhoso.

A Taça d’Ouro – Especial Rally Sprint Póvoa de Lanhoso é uma prova automobilística com características de “Super Especial” ou “Especial Sprint” e desenrolar-se-á no Centro da Vila da Póvoa de Lanhoso.

As inscrições encerraram no dia 1 de Julho. Está ainda prevista a presença de carros de shows do Campeonato de Portugal de Drift.

São 51 as equipas que vão estar presentes nesta edição da Taça d´Ouro na Póvoa de Lanhoso, sendo 3 oriundas do Concelho de Vieira do Minho:

Ricardo Marques\Paulo Marques

Filipe Ferreira\Rui Rocha

António Carvalho\ND

Conheça a data do arranque dos trabalhos das equipas Pró-Nacional, e saiba quem são os Treinadores das equipas.

Está ai a nova época desportiva, com o inicio dos trabalhos das equipas da Pró-nacional. Inicio do campeonato a 17/18 de Agosto.

As oficinas dos clubes que compõem o Campeonato da Pró-Nacional 2019/2020 abrem entre 15 e 25 de Julho. O inicio “Precoce” do campeonato obriga a esforços suplementares dos clubes, que não vão poder contar com os jogadores a participar na totalidade nos trabalhos da pré-época, dificultando assim o plano de trabalho e a vida aos treinadores. O Campeonato tem a primeira jornada já em Agosto, dias 17 e 18.

Vieira SC – 22 de Julho

Treinador – Roger Bastos

Forjães SC – 22 Julho

Treinador – Carlos Viana

Ribeirão FC – 22 Julho

Treinador – Emanuel Costa

Brito SC – 22 Julho

Treinador – Filipe Gonça

U. Torcatense – 22 Julho

Treinador – Francisco Branco

Vilaverdense FC – 15 Julho

Treinador – Hugo Santos

Pevidém SC – 15 Julho

Treinador – João Pedro Coelho

Santa Maria FC – 22 Julho

Treinador – João Salgueiro

GD Prado – 22 Julho

Treinador – José Nuno Azevedo

Foto D. Vale do Homem

Dumiense CJPII – 15 Julho

Treinador – Marco Campos

GD Joane – 22 Julho

Treinador – Miguel Paredes

SC Cabreiros – 18 Julho

Treinador – Miguel Veiga

GD Porto D´Ave – 16 Julho

Treinador – Nelson Martinho

CCD Santa Eulália – 22 Julho

Treinador – Nelson Silva

S. Paio D´Arcos FC – 15 Julho

Treinador – Ricardo Correia

Arões SC – 25 Julho

Treinador – Rui Novais

GD Serzedelo – 22 Julho

Treinador – Vítor Pacheco

CC Taipas – 8 Julho

Treinador –

Departamento de Desporto R.A.A.

Mercado:-

Gil renova com o Arões. Castro ex; Vieira reforça a AD Pica

Pró-Nacional:

GD Joane: Luis Paulo, Gomes e Sérgio renovam por uma época.

Pevidém SC: Totas ex; Joane é reforço para o ataque.

CC Taipas: Rui Rampa e Fred são reforços.  

Arões SC: Gil renova por um ano.

Divisão de Honra:

ACD Pica: Castro ex; Vieira, Ribeiro ex; Joane e Toninho ex; Mondinense são reforços.

GFC Pousa: José Pedro ex; Merelinense é reforço.

Primeira Divisão:

O. Campelos: 6 reforços confirmados, Rui Sampaio ex; Caíde de Rei, Lima ex; Sandinenses, Hugo ex; Brito “juniores”, Tiago ex; Ases Sta Eufémia, Tiago Manuel ex; Sandinenses e André que regressa após paragem.

Mercado:

Clubes preparam a nova época desportiva, renovações e reforços ocupam várias horas aos dirigentes e treinadores. Qualidade não falta como temos dado conta no mercado.

Pevidém SC: André “Preto” renova por uma época e segue para a terceira consecutiva a lutar pelo lugar da baliza.

Brito SC: Kiko reforça a defesa.

AFC Martim: Ricardo Peão ex; GDR Esporões é reforço.

ACR Guilhofrei: Daniel Soares e Diogo Vale reforçam eixo da defesa.

Gonça: Petit ex; Fareja é reforço.

UD S. Veríssimo: Pedro Cascalho é reforço e acrescenta experiência à equipa.

SC Ucha: Zé Diogo seguro por mais uma época.

GDC Mosteiro: Apresentação aos sócios é este domingo diante a equipa júnior do Vieira SC.

O GDC Mosteiro vai apresentar no próximo domingo o seu grupo de trabalho à sua massa adepta, em jogo contra a formação júnior do Vieira SC. O jogo está marcado para as 17 horas no Paroquial do Mosteiro. A equipa será liderada por Fernando Vieira, que terá Paulo Cruz e Pedro Silva como adjuntos. A formação Mosteirense parte para a nova época sob o lema “Mais que uma equipa uma família”, e tem por objetivo elevar o nome da instituição, e melhorar a classificação da última temporada. O GD Mosteiro está inserido na série D do campeonato da AF Braga da Primeira Divisão, O jogo de estreia no Campeonato será em casa contra o Gandarela, já para a Taça, os Mosteirenses vão discutir a eliminatória com o Regadas, equipa treinada por Sérgio Nuno.

Plantel para a nova época inclui cinco caras novas:

Avelino, Adriano e Bochechas ex; GD Gerês, Ricardo Teixeira, João Vieira, Nenuco, Rafa Peixoto, Rubén, Eurico, Pinto, Zé Carlos, Ricardo Vieira, Zé Tó, Marco Loura ,Cláudio, Ni, Xavi, Lias ex; Vieira, Vitinha, Félix, Rafa Silva, Diogo Dias ex; ACD Ventosa, Ricardo Sousa, Capela, Nibinho ex; Vieira, Luís Castro ex; Vieira

Equipa Técnica: Fernando Vieira (treinador principal), Paulo Cruz e Pedro Silva (Treinadores adjuntos).

Presidente: António Gomes

Pró-Nacional AF Braga

Ferros seguram vitória do Vieira com carimbo de “El Matador” Ricardo Cruz.

O Vieira garantiu ontem uma vitória sofrida diante o Pevidém, que teve um início forte, mas permitiu ao Vieira controlar e dominar os primeiros 45 minutos. Zézé com toque subtil acertou no ferro superior da baliza de Pedro Silva, decorria o minuto 7 do jogo. A partir daí foram os homens de Vieira do Minho a dispor das melhores oportunidades, com Luca a desperdiçar aos 17 minutos oportunidade soberana, o capitão dos canários foi chamado à conversão de um penalti, a castigar uma falta sobre Ricardo Cruz, mas acabou por ver André Ferreira negar-lhe o golo com uma bela intervenção. André Ferreira voltou a estar em destaque após livre marcado por Pedrinho defendendo em cima da linha de golo. Aos 22 minutos bola metida nas costas dos centrais para Ricardo Cruz, que acabou por ganhar a lateral do seu opositor, acabando por rematar para o fundo da rede de André Ferreira que à terceira tentativa dos Vieirense não conseguiu evitar o golo. Golo que o Vieira merecia, e procurou com arte e qualidade de jogo antes do intervalo. A segunda metade resume-se ao domínio do Pevidém, que trabalhou muito, apresentou qualidade de jogo, mas acabou por não ter a sorte do seu lado, já que os ferros impediram que o resultado lhe fosse favorável. Arbitragem positiva.