Jantar dos 53 anos do Vieira Sport Clube

Em nota enviada à comunicação social a Comissão Administrativa do Vieira Sport Clube agradece a todos quantos participaram no 53º Jantar de Aniversário do clube.

Com efeito, pelo segundo ano consecutivo, o Vieira SC conseguiu juntar cerca de 400 pessoas, onde se incluem sócios, simpatizantes e vieirenses em geral, assim como diversos antigos atletas e treinadores do clube, em claro respeito pela história dos 53 anos desta que é a maior instituição desportiva do concelho de Vieira do Minho e o clube amador com mais títulos na AF Braga.

Aproveita igualmente a Comissão Administrativa do Vieira Sport Clube para agradecer publicamente à Quinta do Farejal por toda a disponibilidade demonstrada.

A Comissão Administrativa do Vieira Sport Clube lembra que no próximo domingo se realiza o último jogo no Estádio Municipal referente a esta época e que se revela de enorme importância para o futuro do Vieira SC. Fica o convite a todos os Vieirenses para encherem o Estádio e apoiarem o Vieira SC.

Rali de Portugal: 1 milhão necessário à continuidade em 2019

Carlos Barbosa, presidente do Automóvel Clube de Portugal (ACP), entidade organizadora do Rali de Portugal disse esta Quarta-feira na apresentação da prova que  é necessário “um apoio de um milhão de euros, que as autarquias não podem suportar”.
Diz o dirigente que há seis países a querer entrar no WRC e que perante isto, “temos uma certeza: se o Rali de Portugal deixar o mundial, nunca mais voltará”

Audio – Joaquim Ramalho

Pró-Nacional AF Braga, a jornada.

9 Jogos, 18 equipas, 18 treinadores, a Jornada passa por aqui. Ouça o que disseram os treinadores ao programa Grande Área da Rádio Alto Ave esta sexta-feira.

Miguel Paredes (Vieira)

José Rego (Marinhas)

João Pedro Coelho (Joane)

Alberto Fernandes(M.Fonte)

Armando Jorge (A. Urgeses)

Ricardo Teixeira (Brito)

Hugo Santos (Ninense)

Chalana (Pevidém)

Fernando Fontão (Serzedelo)

Miguel Veiga (A. Graça)

Carlos Viana (Esposende)

Nelson Silva (Sta Eulália)

António Carvalho (Taipas)

Miguel Magalhães (Forjães)

Dinis Rodrigues (S. Paio D´Arcos)

José Nuno Azevedo (Prado)

Jorge Sousa (Porto D´Ave)

Nelson Martinho (Cabreiros)

 

 

Jantar de Aniversário do Vieira Sport Clube

O Jantar de Aniversário dos 53 anos do Vieira SC realiza-se no dia 4 de Maio, na Quinta do Farejal na Freguesia de Pinheiro, com a presença do humorista João Seabra e que tem um custo de 25€ por pessoa.A Comissão Administrativa do Vieira SC está a apelar a todos os interessados para adquirirem o seu bilhete até dia 27 de abril, junto de qualquer membro da Comissão Administrativa, nas lojas Guelmi e Aujomoto ou no Estádio Municipal.

 

Crónica do Derbi entre a A.C.R. Guilhofrei e o G.D. Mosteiro

Primeira Divisão – Série D

ACR Guilhofrei – 1GD Mosteiro – 1

Derbi terminou empatado com golos de Vítor Vieira e Rui Alves.

Campo Desportivo José Joaquim Pereira

Árbitros – Filipe Antunes, Miguel Silva e Patricia Carneiro

A.C.R. DE GUILHOFREI: Adelino, Moreira, Tico, Hélder, Márcio, Dani, Rui Alves, Vilaverde (Marco), Lucho (Paulinho), Focas e Antonio (Peru)

GD MOSTEIRO Avelino, Chalinka, Capela, Pedro Vale, Rúben, Luís henrique, João, Pinto, Tiago, Zé Tó e Vítor Vieira.

Jogaram ainda Zé Carlos, PP e Marco Loura

Golos: Vítor Vieira (Mosteiro) e Rui Alves (Guilhofrei)

 

O jogo entre o Mosteiro e o Guilhofrei terminou com um empate a uma bola, a Rádio Alto Ave ouviu Miguel Alexandre Costa, treinador do Guilhofrei e Vítor Vieira, capitão do Mosteiro. O treinador do Guilhofrei sentiu-se prejudicado e fala mesmo em quatro penaltis que não foram marcados a favor da sua equipa, e prometeu lutar com todas as forças pelo primeiro lugar, que “diz estar a incomodar muita gente”. Vítor Vieira por seu lado falou em boa organização do Mosteiro e reconheceu que o Guilhofrei foi melhor em quase todo o jogo.

 

Miguel Alexandre Costa (Treinador do Guilhofrei)

“Foi um jogo completamente dominado pelo Guilhofrei onde o Mosteiro marcou no único remate que fez à baliza. Tivemos mais posse de bola, mais ataques, mais oportunidades de golo. Fomos a melhor equipa em campo.”

Miguel Alexandre Costa referiu ainda que a sua equipa não ganhou porque o trio de arbitragem, não deixou, lembrando os penaltis não marcados a favor da sua equipa.

“Hoje não nos deixaram ganhar. Foi a vergonha que se viu durante os noventa minutos. Tivemos quatro penáltis a favor e nenhum foi marcado. Houve ainda muitas entradas agressivas por parte dos jogadores do Mosteiro. Fomos condicionados o jogo todo, para não dizer outra coisa.”

Quanto ao título o treinador do Guilhofrei, deixou alguns recados, e lembrou que a sua equipa vai lutar por ele com todas as suas forças.

“Parece que o primeiro lugar do Guilhofrei está a incomodar muita gente. Mas estamos lá por mérito próprio. Trabalhamos muito para estar onde estamos e não admito que brinquem com o esforço dos meus jogadores. Podem ter a certeza que vamos lutar até ao último segundo, até à última gota de suor por este título.”

Do lado do Mosteiro, ouvimos Vítor Vieira, autor do golo através de livre direto ainda no primeiro período do jogo.

“ Tivemos boa organização, o Guilhofrei foi superior em quase todo o jogo.”

“O Mosteiro apresentou-se bem organizado em Guilhofrei. No entanto o Guilhofrei foi superior em quase todo o jogo, quanto a nós, conseguimos definir bem a nossa estratégia, que passava por chamar o adversário e sair rápido em contra-ataque , para tentar surpreendê-los, no entanto tínhamos em mente também as bolas paradas, que acabaram por nos permitir chegar ao golo na primeira parte. Na segunda parte o Guilhofrei acabou por chegar ao empate fruto da sua persistência, colocando a incerteza no resultado, nós acabamos por saber sofrer, diante um adversário de qualidade que acabou por desperdiça algumas oportunidades para fazer mais golos. Foi um derbi em que estivaram em campo duas equipas que se entregaram totalmente ao jogo na procura do melhor resultado.”

António Silva

Pró-Nacional AF Braga

Ouça aqui a antevisão dos jogos deste fim de semana. Declarações dos treinadores ao programa Grande Área.

Miguel Paredes (Vieira SC)

Miguel Veiga (A. Graça)

Hugo Santos (Ninense)

Alberto Fernandes (M. Fonte)

Ricardo Machado (Jogador do Cabreiros)

Zé Nuno Azevedo (Prado)

Jorge Sousa (Porto D´Ave)

Miguel Magalhães (Forjães)

António Carvalho (Taipas)

Nelson Silva (Sta Eulália)

Fernando Fontão (Serzedelo)

Ricardo Teixeira (Brito)

Carlos Viana (Esposende)

 

“Domingo vamos ter pela frente um adversário de muito valor, é talvez a equipa com o ataque posicional mais forte do campeonato.Tem uma dinâmica ofensiva muito boa, compete-nos apresentarmo-nos com uma grande determinação, preparados para competir a um nível alto e com grande coragem.O jogo vai exigir isso.”

Chalana (Pevidém)

João Pedro Coelho (Joane)

Armando Jorge (A. Urgeses)

 

Grande Área – Rádio Alto Ave

Vieira SC: Ganhar todos os jogos, entrega e compromisso são palavras de ordem.

Pró-Nacional AF Braga

Com o campeonato a entrar numa fase decisiva, o Vieira SC caminha, embora sobre pressão no primeiro lugar da tabela. A equipa apesar de algumas ausências, por força de lesões está confiante e tem tido um trajeto de êxito, muito pela sua qualidade e do trabalho desenvolvido pela equipa técnica liderada por Miguel Paredes, que tem tido ainda um grande suporte diretivo. A Grande Área procurou perceber o momento e o que espera até ao final da temporada o timoneiro dos Canarinhos de Vieira do Minho. Entrega e compromisso são palavras de ordem de um coletivo que pretende ser competente para o que ai vem.

“O que espero é a mesma aplicação, entrega e compromisso que tivemos no último jogo. Jogando bem ou jogando mal o fundamental é o compromisso e o colectivo. Essa é a mensagem que quero que os jogadores entendam e ponham em prática em cada jogo. Se assim for seremos sempre muito competitivos, jogue quem jogar.”

A qualidade do plantel aliada aos Processos implementados por Miguel Paredes transmite cá para fora a força de um coletivo forte, talvez possamos dizer que o Vieira é candidato à subida, até porque a sua caminhada tem sido equilibrada e estável na parte superior da tabela. Perguntamos se a reconquista do primeiro lugar representa um Vieira candidato à subida. Miguel Paredes referiu que o objetivo é ganhar todos os jogos, apos ter chegado à 25ª jornada, mas lembrou que o caminho é difícil e não é por acaso que os primeiros cinco classificados estão nessa luta, e até pode aparecer outros.

“Chegados à 25ª jornada do campeonato, estando o Vieira em primeiro lugar, e sendo o nosso objetivo ganhar todos os jogos, claro que nós queremos manter esse lugar, mas temos noção que será difícil alcançar esse objectivo. No entanto, mais grave que não conseguir ficar em primeiro lugar, é não lutar com todas as nossas forças para o conseguir. Eu digo sempre aos meus jogadores que o Vieira jogando nos seus limites é uma equipa muito difícil de vencer, mas se não jogar nos seus limites tem dificuldade de ganhar a qualquer equipa.”

Estamos perante um campeonato difícil, e até talvez com mais que cinco candidatos…

“Eu diria que em face do equilíbrio do campeonato e da classificação actual, os cinco primeiros classificados estão em vantagem para disputar o primeiro lugar. No entanto uma serie de vitórias consecutivas de qualquer equipa, poderá relançar essa equipa na luta.”

O Vieira ocupa atualmente o primeiro lugar com 51 pontos mais um que o Maria da Fonte (50), e mais cinco que o Taipas que é terceiro com 46 pontos. Sábado a equipa do Vieira desloca-se ao Albano Coelho Lima para defrontar o Pevidém em jogo da 26ª jornada.

Estão abertas as inscrições para o Vodafone Rally de Portugal

Os interessados em participar no Vodafone Rally de Portugal, sexta jornada do Campeonato do Mundo de Ralis de 2018, já se podem inscrever na prova.

Contudo, o procedimento de inscrição no Rally organizado pelo Automóvel Club de Portugal sofreu alterações face ao ano passado, já que as inscrições têm de ser feitas online no site da FIA. A obrigatoriedade aplica-se a todos os participantes, até mesmo aos que pretendam apenas alinhar na parte da prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis.

Procedimentos de inscrição

Os pedidos de inscrição devem ser efectuados até à data limite indicada no programa da prova através do preenchimento completo do boletim de inscrição electrónico disponível em https://registrations.fia.com/wrcpor.

A inscrição só será aceite se for acompanhada pelo valor total da taxa de inscrição. Para tal, o concorrente deverá enviar por email dirigido ao secretariado (maribel.cascao@acp.pt) e até à data de fecho das inscrições, a prova de pagamento da taxa de inscrição.

Os seguintes documentos devem ser anexados ao mesmo email:

· Cópias das licenças desportivas do concorrente, piloto e co-piloto
· Cópias das cartas de condução do piloto e co-piloto
· Cópia da 1ª página da ficha de homologação do carro
· (Para os pilotos estrangeiros) aprovação da participação na prova pela respectiva ASN

Os concorrentes que pretendam pontuar para Campeonatos FIA deverão fazer a sua inscrição utilizando o formulário standard do respectivo campeonato disponível na aplicação FIA https://registrations.fia.com.

As informações sobre o navegador devem ser enviadas até às 14 horas de 27 de Abril de 2018.

 

Pró-Nacional AF Braga

No regresso do campeonato a Rádio Alto Ave ouviu os treinadores Pró, as dificuldades que a jornada apresenta para todos os clubes, as ambições, fazem parte dos diversos discursos de antevisão à jornada, ouça tudo aqui:

Alberto Fernandes (M. Fonte)

Miguel Paredes (Vieira)

Ricardo Teixeira (Brito)

António Carvalho (Taipas)

Armando Jorge (A. Urgeses)

Carlos Viana (Esposende)

Miguel Magalhães (Forjães)

João Pedro Coelho (Joane)

Miguel Veiga (A. Graça)

Filipe Gonça (Porto D´ave)

Hugo Santos (Ninense)

José Rego (Marinhas)

Roger Bastos (Prado)

Chalana (Pevidém)