Trutas repovoam rios do Concelho

A Câmara Municipal de Vieira do Minho e o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas procederam, recentemente, ao repovoamento dos rios do Concelho com 10 mil Trutas.

Com este repovoamento piscícola a Autarquia Vieirense pretende criar condições que valorizem os seus recursos naturais e potenciem a prática de actividades lúdico – ambientais. A iniciativa teve, ainda por objectivo dotar os rios do concelho com esta espécie autóctone, contribuindo para a manutenção dos recursos naturais endógenos, bem como potenciar a prática turística.

A iniciativa, para além da sua vertente de preservação e conservação do património piscícola dos rios da região, visou também alertar as gerações mais novas para as questões ambientais, sobretudo aquelas que afectam a saúde dos nossos rios.

No que diz respeito ao nível do repovoamento propriamente dito, o mesmo consistiu na largada de 10 mil trutas em zonas específicas dos rios do concelho.

Vieira do Minho prepara Rali de Portugal

Com o intuito de preparar a passagem em Vieira do Minho do Rali de Portugal edição 2019, o presidente da Câmara Municipal,  António Cardoso reuniu recentemente  com os responsáveis do Automóvel Clube de Portugal, com o intuito de tratar de questões técnicas relativas à passagem de uma das maiores provas de desporto motorizado pelo Concelho.

Vieira do Minho prepara-se para, uma vez mais, para poder oferecer aos aficionados da modalidade verdadeiras zonas de espectáculo e muita emoção.

De salientar, ainda, que a edição 2019 do Rali de Portugal integra duas passagens por Vieira do Minho e que em breve serão divulgados outros pormenores e novidades.

Rally de Portugal Histórico com passagem no Concelho de Vieira do Minho

Esta prova tem passagem pelo Concelho de Vieira do Minho no dia 4 de Outubro Quinta-feira pelas 8h30 aproximadamente, esta prova vem da cidade de Braga irá passar por Vieira do Minho – Cantelães – Serradela e Zebral

Miki Biasion e Stig Blomqvist em Lancia Delta Integrale e Audi Quattro regressam aos antigos troços do Rally de Portugal. Lousada com estreia especial e passagem por Fafe na edição deste ano.

A 13ª edição do Rally de Portugal Histórico, uma das mais exigentes provas de regularidade histórica da Europa, vai para a estrada entre 2 e 6 de outubro. Este ano, com nomes de peso: Miki Biasion e Stig Blomqvist ao volante de um Lancia Delta Integrale e de um Audi Quattro. Pilotos e máquinas que marcaram a história dos ralis e que regressam aos troços do Rally de Portugal dos anos 70 e 80.

A passagem noturna pelos troços de Sintra, a 5 de outubro, vai ser aberta por Miki Biasion, bi-Campeão do Mundo e vencedor de três edições do Rally de Portugal, e o Campeão do Mundo Stig Blomqvist que vão rodar aos comandos de um Lancia Delta e de um Audi Quattro, respetivamente. No dia seguinte, os dois pilotos alinham também no Slalom do Autódromo do Estoril perante os milhares de adeptos esperados naquele circuito.

Outra novidade desta edição é a especial de Lousada, onde se realiza a Prova de Regularidade por Setores, no Euro Circuito, seguida de uma assistência em Fafe.

Mas a prova tem muito mais atrativos, já que este ano se insere no programa do Estoril Classics Week. Depois da tradicional partida dos Jardins do Casino Estoril rumo à Figueira da Foz, a segunda etapa leva as 87 equipas em competição no rally a Braga, junto à Câmara Municipal.

Ao terceiro dia, o pelotão passa por Lamego para mais uma especial na Rampa da Nossa Senhora dos Remédios e termina com o Controlo Horário junto à Câmara Municipal de Viseu. Sexta-feira é dia de as equipas rumarem aos Jardins do Casino Estoril, onde chegam de madrugada, depois de várias classificativas como a Rampa de Montalto, o Kartódromo dos Milagres e a noite de Sintra, sempre repleta de milhares de fãs. A prova termina no sábado, dia 6, com outra estreia: o regresso do Slalom do Autódromo do Estoril ao Rally de Portugal, etapa marcante nas edições dos anos 70 e 80.

Na edição de 2018 participam 87 equipas de 13 nacionalidades com carros fabricados entre 1946 e 1985. Cumprem quase dois mil quilómetros, 600 dos quais em regularidade, organizados em quatro etapas com mais de 40 especiais e que atravessam 78 concelhos do País.

GDC Mosteiro: Apresentação aos sócios é este domingo diante a equipa júnior do Vieira SC.

O GDC Mosteiro vai apresentar no próximo domingo o seu grupo de trabalho à sua massa adepta, em jogo contra a formação júnior do Vieira SC. O jogo está marcado para as 17 horas no Paroquial do Mosteiro. A equipa será liderada por Fernando Vieira, que terá Paulo Cruz e Pedro Silva como adjuntos. A formação Mosteirense parte para a nova época sob o lema “Mais que uma equipa uma família”, e tem por objetivo elevar o nome da instituição, e melhorar a classificação da última temporada. O GD Mosteiro está inserido na série D do campeonato da AF Braga da Primeira Divisão, O jogo de estreia no Campeonato será em casa contra o Gandarela, já para a Taça, os Mosteirenses vão discutir a eliminatória com o Regadas, equipa treinada por Sérgio Nuno.

Plantel para a nova época inclui cinco caras novas:

Avelino, Adriano e Bochechas ex; GD Gerês, Ricardo Teixeira, João Vieira, Nenuco, Rafa Peixoto, Rubén, Eurico, Pinto, Zé Carlos, Ricardo Vieira, Zé Tó, Marco Loura ,Cláudio, Ni, Xavi, Lias ex; Vieira, Vitinha, Félix, Rafa Silva, Diogo Dias ex; ACD Ventosa, Ricardo Sousa, Capela, Nibinho ex; Vieira, Luís Castro ex; Vieira

Equipa Técnica: Fernando Vieira (treinador principal), Paulo Cruz e Pedro Silva (Treinadores adjuntos).

Presidente: António Gomes

Pró-Nacional AF Braga

Ferros seguram vitória do Vieira com carimbo de “El Matador” Ricardo Cruz.

O Vieira garantiu ontem uma vitória sofrida diante o Pevidém, que teve um início forte, mas permitiu ao Vieira controlar e dominar os primeiros 45 minutos. Zézé com toque subtil acertou no ferro superior da baliza de Pedro Silva, decorria o minuto 7 do jogo. A partir daí foram os homens de Vieira do Minho a dispor das melhores oportunidades, com Luca a desperdiçar aos 17 minutos oportunidade soberana, o capitão dos canários foi chamado à conversão de um penalti, a castigar uma falta sobre Ricardo Cruz, mas acabou por ver André Ferreira negar-lhe o golo com uma bela intervenção. André Ferreira voltou a estar em destaque após livre marcado por Pedrinho defendendo em cima da linha de golo. Aos 22 minutos bola metida nas costas dos centrais para Ricardo Cruz, que acabou por ganhar a lateral do seu opositor, acabando por rematar para o fundo da rede de André Ferreira que à terceira tentativa dos Vieirense não conseguiu evitar o golo. Golo que o Vieira merecia, e procurou com arte e qualidade de jogo antes do intervalo. A segunda metade resume-se ao domínio do Pevidém, que trabalhou muito, apresentou qualidade de jogo, mas acabou por não ter a sorte do seu lado, já que os ferros impediram que o resultado lhe fosse favorável. Arbitragem positiva.

Guilhofrei estreia-se no Campeonato em casa

O Guilhofrei começa a sua caminhada em casa este domingo diante o Pousa, equipa que também ascendeu na última temporada à Honra. O jogo tem inicio às 16 horas. A Alto Ave  ouviu os treinadores, que esperam dificuldades, mas tem a ambição de ganhar. Filipe Silva, treinador do Guilhofrei, tem o seu plantel praticamente na máxima força. Lelo treinador do Pousa conta com 18 jogadores.

Filipe Silva (ACR Guilhofrei), a intenção é começar com uma vitoria.

Lelo (Pousa), temos a ambição de ganhar.

Vieira do Minho – falta de limpeza nas bermas e valetas e rails de protecção (Audio)

A Câmara Municipal de Vieira do Minho está preocupada com a falta de limpeza nas bermas e valetas e rails de protecção nas estradas nacionais que atravessam o território De Vieira do Minho, a Câmara Municipal expôs sexta-feira passada em conferência de imprensa as suas preocupações, António Cardoso. Presidente da Câmara Municipal referiu que o município tem vindo a alertar as Infraestruturas de Portugal sobre estas situações, mas a mesma não tem dado qualquer tipo de resposta, o que vai levar o município a tomar outras posições legais.

João Rocha presidente da união de freguesias Caniçada/Soengas lamentou o estado da estrada 304, no que se refere a limpeza e sinalização, reclama mais atenção da parte da Infraestruturas de Portugal através da delegação de Braga, com quem tem mantido o diálogo.

O Eng. António Cardoso, Presidente da Câmara de Vieira do Minho, reforçou e reclama mais atenção para as Nacionais 304, 205, 103.