Aldeia Segura Pessoas Seguras

Siga as indicações das autoridades e do Oficial de Segurança Local

Em caso de evacuação devido a incêndio mantenha a calma e cumpra as indicações das autoridades.

Ajude as crianças, os idosos e pessoas com mobilidade reduzida.

Leve o seu kit de evacuação e os seus documentos de identificação.

Dirija-se rapidamente ao local de abrigo ou refúgio colectivo mais próximo.

 

Divulgue estes conselhos junto da sua família e comunidade

Saiba mais em: https://goo.gl/SdqK9Z e consulte o folheto em https://goo.gl/Bmmtw5

Agro Vieira 2018

O Município de Vieira do Minho organiza dias 1-2-3 de Junho a Agro Vieira

A Agro Vieira 2018 é uma feira de agricultura que vai juntar o tecido agrícola e pecuário do Concelho, trazendo a público o investimento e o trabalho efectuado pelos agricultores vieirenses, em particular pelos jovens produtores.

O certame vai contar com a participação de produtores locais de gado e o destaque para a presença de oito produtores de plantas aromáticas, frutos vermelhos e silvestres.

Para além da mostra do mundo rural, a Agro Vieira contempla, uma componente recreativa com ênfase para os passeios a cavalo à Serra da Cabreira, os passeios de charrete, as chegas de bois e a animação musical com destaque para a actuação do Artista Zé Amaro.

Feira do livro de 26 a 31 de Maio

Arranca este sábado em Vieira do Minho mais uma edição da Feira do Livro.
A iniciativa da Câmara Municipal de Vieira do Minho vai decorrer de 26 a 31 de Maio, em frente aos Paços do Concelho, e tem como objectivo promover e valorizar o livro enquanto produto cultural e estimular o interesse pela leitura.
A Feira do Livro de Vieira do Minho pretende ser, acima de tudo, um excelente veículo de promoção cultural e de qualificação, pela oportunidade de contacto que oferece entre as pessoas e os livros

Armindo Araújo testa em Vieira do Minho

Depois de terem terminado da melhor forma o Vodafone Rali de Portugal com os objectivos alcançados, vencendo entre os interessados ao CPR (Campeonato de Portugal de Ralis), Armindo Araújo / Miguel Ramalho aproveitaram logo o inicio da semana, no asfalto da Serra da Cabreira em Vieira do Minho, para começaram a trabalhar no sentido de acertarem com os melhores Set-Up para o asfalto, pois o nacional abandonou a fase da terra e está agora rumo à fase de asfalto, já nos dias 8 e 9 de Junho com a realização do Rali Vidreiro, prova sob a égide do Clube Automóvel da Marinha Grande.

O piloto do Hyundai i20 R5 que está na liderança do Campeonato, aproveitou ao máximo estes dois dias de testes para se preparar bem , “pois nada está ganho e nada é facilitado. Se continuarmos a trabalhar como temos trabalhado até agora, as coisas poderão sorrir-nos, contudo temos de ter ponderação” argumentou o piloto de Sto. Tirso.

Joaquim Ramalho

Vodafone Rali de Portugal 2018 – Ricardo Marques / Hugo Rodrigues

A dupla de V.do Minho, Ricardo Marques / Hugo Rodrigues vai marcar presença no Vodafone Rali de Portugal, num Hyundai i20 R5 da Racing4you.
A escolha do piloto este ano, recaiu nos chamados carros de ultima geração, os denominados R5.
 
Nestes quatro dias de prova ” manter uma toada cautelosa logo de início para aprender a guiar este carro será fundamental” adiantou o piloto vieirense mas com o objectivo no horizonte de ” manter a máxima concentração para não cometer erros, para chegar ao fim, com a melhor classificação possível”.
 
Por seu lado o navegador Hugo Rodrigues está de regresso 14 anos depois ao Rali de Portugal, embora não estando afastado da competição a nível interno.
 
J.Ramalho

Pilotos satisfeitos com as condições das classificativas

Terminados, na tarde desta quarta-feira, os reconhecimentos, que deixaram aos pilotos prioritários uma impressão muito positiva do estado dos pisos das classificativas, o Vodafone Rally de Portugal já entrou em contagem decrescente e a partir das 07h30 de quinta-feira os motores vão ouvir-se em Paredes, placo do Shakedown.

Foram 11 as classificativas (incluindo o traçado do shakedown, na pista de Baltar) que os pilotos reconheceram ao longo destes dois dias, perante um sol radioso e temperaturas amenas. No plano competitivo, tais condições meteorológicas não agradam na plenitude ao penta campeão e líder do campeonato Sebastien Ogier (Ford). O mesmo não disseram os seus mais diretos rivais Ott Tanak (Toyota) e Thierry Neuville (Hyundai), enquanto Kris Meeke (Citroen) elogiou o trabalho desenvolvido pela organização desta sexta prova do Campeonato do Mundo.

Esta quinta-feira, entre as 07h30 e as 11h30, os pilotos prioritários vão fazer, no Shakedown, em Paredes (pista de Baltar), o último teste aos respetivos carros, para depois ao fim da tarde rumarem à cidade de Guimarães, onde no Campo de São Mamede, junto ao castelo, será feita uma sessão de autógrafos (17h25/17h45), antes da partida oficial, pelas 18h10, do Vodafone Rally de Portugal. Os concorrentes rumam, então, a Lousada, para na pista local abrirem as hostilidades, ao disputar a primeira classificativa (3,36 km), cujo início está agendado para as 19h03.

XVI Conferência CAVA

Teve lugar no dia 8 de Maio de 2018, pelas 16 horas, na Casa Museu Adelino Ângelo, em Vieira do Minho, mais uma  edição das Conferências CAVA, desta feita a XVI.

Desta feita, a figura de destaque foi o Maestro António Victorino d`Almeida, famoso compositor, maestro, pianista, escritor e apresentador que, sob o tema “Os jovens, a dignidade e a arte”, deliciou e envolveu todo o auditório aí presente com a sua intervenção marcadamente bem disposta, pessoal, descomplexada, informal, dialogante, viva e emocionante.

A interacção com o público, durante o período de cerca de hora e meia, foi uma constante, sobretudo na relação de proximidade com os mais jovens (alunos do ensino articulado de música), tendo o orador, em alguns momentos, ilustrado musicalmente as suas intervenções, com recurso a excertos de peças de autores famosos de música clássica.

A sessão, contando com mais de 100 pessoas, teve, também, na abertura, a participação da Sociedade Filarmónica de Vilar Chão que interpretou dois temas muito conhecidos: o hino de Vieira e o hino de Vilar Chão. A finalização esteve a cargo da Sociedade Filarmónica de Vieira do Minho que, em conjunto com quatro elementos do coro, interpretou o tema “Halleluia”, de Leonard Cohen.

Esta sessão teve, também, um cariz muito especial, já que foi saudada por Sua Excelência o Presidente da República, através de uma missiva que enviou e que foi lida pelo Presidente do CAVA, Filipe de Oliveira.

Para coroar esta sessão, qual cereja no topo do bolo, o orador, tendo sido desafiado para tal, interpretou uma valsa romântica com os cotovelos, curiosamente o mesmo tema e nos mesmos moldes que interpretara em 1969, aquando da sua participação na 1.ª sessão do programa ZIP-ZIP, na RTP, interpretação esta que foi degustada por todos, num momento de verdadeiro gáudio.

Também à semelhança das anteriores, a sessão deste ano resultou de uma parceria entre o CAVA e o Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo e teve o apoio da Rádio Alto Ave, do Jornal de Vieira, do IPDJ, I. P. e da Câmara Municipal de Vieira do Minho.

A iniciativa reforçou, mais uma vez, o já enorme e valoroso contributo do CAVA no enriquecimento e envolvência cultural, pedagógica, formativa e cívica do concelho de Vieira do Minho.

Rui Veloso em Guimarães

Rui Veloso volta ao Multiusos de Guimarães no dia 5 de maio, um concerto com o apoio da Rádio Alto Ave. Cantor, compositor e guitarrista, começou a tocar harmónica aos seis anos. Mais tarde deixar-se-ia influenciar por B.B. King e Eric Clapton, lançando com vinte e três anos, o álbum que o projectou no panorama da música nacional, Ar de Rock, dele fazia parte a faixa Chico Fininho, um dos maiores sucessos da obra de Rui Veloso e de Carlos Tê, seu letrista.

O músico irá revisitar os mais importantes temas da sua carreira, que marcaram várias gerações, levando a plateia ao rubro. Temas como: “Não há Estrelas no Céu”,“Chico Fininho”, “Jura”, “Porto Covo”, “Sei de Uma Camponesa”, e “Nunca Me Esqueci de Ti” – são alguns dos êxitos que vão encantar o público num concerto que promete ser especial.

Nova vaga de frio prestes a chegar à Europa. Temperaturas vão descer 10 graus

As previsões apontam que o período mais frio se vai registar entre 26 de Fevereiro e 4 de Março. A partir desta altura, as temperaturas devem aumentar gradualmente.

A próxima vaga de frio que se vai abater sobre a Europa chega já na próxima semana e vai estender-se até aos primeiros dias de março. Alemanha, França e Reino Unido vão registar as temperaturas mais baixas do ano.

Na próxima semana, as temperaturas devem descer entre 4 a 6 graus Celsius no Reino Unido em relação ao normal e entre 6 a 10 graus na Europa Central. No Leste da Europa, as descidas vão ser ainda mais acentuadas: entre 10 a 15 graus abaixo do normal nesta região, de acordo com as previsões do weather.com.

As previsões apontam que o período mais frio se vai registar entre 26 de fevereiro e 4 de março. A partir desta altura, as temperaturas devem aumentar gradualmente.

O ar frio vai ser acompanhado de humidade, o que pode resultar em grande acumulação de neve. As regiões Este e Sudeste da Europa podem acumular entre 2 a 5 centímetros de neve já na próxima semana.

O culpado do clima frio é um evento climático raro conhecido como um aquecimento estratosférico súbito. O que permite que uma área de alta pressão leve o ar frio da Sibéria para a Europa, de acordo com Matt Dobson, meteorologista da energia no MeteoGroup.Esta alta pressão deverá mudar o centro da Gronelândia para a Islândia, o que fará com que as regiões do Norte da Europa não estejam tão frias como o Centro, aumentando o risco de neve na região central do continente europeu.

Sabe que sintomas a lagarta do pinheiro pode provocar?

Os conselhos partem do Centro de Informação Antivenenos que pertence ao INEM.

Depois de esta semana se ter falado no perigo que a lagarta do pinheiro representa para os animais, o Centro de Informação Antivenenos, do INEM, decidiu explicar aos cidadãos que inseto é este e quais os perigos que representa também para os humanos.

Assim, numa nota publicada no site do INEM lê-se que a lagarta do pinheiro é um “inseto desfolhador dos pinheiros e cedros em Portugal” cujo ciclo de vida tem duas fases.

A primeira, explica o INEM, é formada pelos “ovos e lagartas” e é “aérea”, podendo ser “observada nas copas dos pinheiros”; a segunda, também conhecida por fase de pupa, é subterrânea.

Relativamente à sua composição, estas lagartas têm o corpo dividido em “pequenos segmentos, cada um dos quais com milhares de pelos urticantes de coloração alaranjada que se vão libertando e espalhando pelo ar à medida que a lagarta se desloca”. E aqui mora o perigo pois são estes pelos que, em contacto com a pele, mucosas e olhos provocam as alergias.

Sintomas e tratamento

O efeito tóxico que estes insetos têm nas pessoas passa por reações urticariformes, que são irritações cutâneas com comichão, ardor, pele vermelha e inchaço. Ao entrar em contacto com os olhos os sintomas são idênticos aos de uma conjuntivite e, quando inalados, a pessoa irá ter tosse e dificuldade em respirar cuja gravidade pode variar.

Quanto ao tratamento, o Centro de Informação Antivenenos refere que, numa primeira fase, o ideal é lavar a pele ou os olhos com água corrente, despir a roupa que esteve em contacto com o inseto, aplicar na irritação cutânea uma pomada à base de corticóides e tomar anti-histamínicos.

Caso estes tratamentos não resultem, então o melhor é entrar em contacto com o 112 ou dirigir-se a uma unidade de saúde.