Carta de condução e documentos do carro passam a poder ser apresentados no telemóvel

A carta de condução e os documentos do carro em papel (como o registo de propriedade, o certificado do seguro e a ficha de inspeção) vão passar a ter uma versão digital, avança o Jornal de Notícias esta segunda-feira.

Assim, se a polícia solicitar algum dos documentos, um condutor pode apresentá-lo no telemóvel.

No entanto, se os agentes de autoridade não tiverem os meios eletrónicos necessários para ler e permitir a comprovação dos dados dos documentos digitais, o condutor fica obrigado a dirigir-se a uma esquadra da PSP ou quartel da GNR, no prazo de cinco dias, para apresentar os documentos em papel.

Esta digitalização dos documentos é uma das alterações que o Governo vai introduzir no Código da Estrada, a par de mudanças no grafismo da carta de condução em papel, que passa a ter um código de barras bidimensional e uma segunda foto do condutor, em tamanho reduzido, no canto inferior direito.

O objetivo é melhorar a segurança e permitir a leitura digital dos documentos.