Vieira SC recorre do castigo imposto pela AF Braga

Vieira derrotado pelo Conselho de disciplina da AF Braga no jogo da primeira jornada diante o Vilaverdense.

A Direção do Vieira na pessoa do seu Presidente (Pedro Araújo), em declarações à Rádio Alto Ave, diz que o processo de inscrição do clube na AF Braga estava legal e em conformidade. O Presidente da direção do Vieira estranha o não contacto da AF Braga antes da deliberação do CD da Associação em relação ao assunto.

O Clube de Vieira do Minho quer a verdade e já está a preparar o recurso. A quebra de confiança que existe é neste momento o mais grave.

A relação com A AF Braga é boa, mas alguém terá que assumir essa responsabilidade, não pode ser sempre o parente mais “pobre”

Clube emitiu comunicado, que lhe deixamos aqui:

A Direção do Vieira Sport Clube foi surpreendida pelo comunicado do Conselho de Disciplina da AF Braga, no qual é aplicada a derrota no último jogo, à qual acresce uma multa. Segundo os decisores, o Vieira Sport Clube terá utilizado jogadores de forma irregular.
Assim, perante os fatos, a Direção do Vieira Sport Clube entende tecer as seguintes considerações:

1. Como habitual, o Vieira Sport Clube procede á entrega de todo o processo de inscrição da equipa, onde se inclui jogadores, diretores e equipa técnica, pessoalmente, nos serviços da AF Braga, nunca tendo existido qualquer situação semelhante à que alegam;

2. O processo foi todo confirmado, como habitual, pelos nossos serviços, de forma a que tudo decorra dentro da normalidade, como aconteceu nas 3 épocas anteriores;
3. Segundo a AF Braga, estão em falta 3 processos referentes a 3 jogadores, processos estes que foram anexados aos restantes e devidamente confirmados;

4. A comprovar a boa-fé do clube, está o facto de os referidos atletas terem realizado os exames médicos que estão na posse da AF Braga, o que só comprova que o clube trabalhou de forma exemplar;

5. A Direção do Vieira Sport Clube estranha toda esta situação, uma vez que em momento algum foi contactada de forma a esclarecer a mesma, esquecendo o bom nome do Clube e toda a retidão com que tem trabalhado nos últimos anos.

6. A Direção do Vieira Sport Clube esclarece todos os interessados, em particular sócios e adeptos, que está a elaborar uma defesa intransigente de forma a que se apure a verdade dos fatos e que seja reposto o resultado do trabalho dos nossos atletas em campo,

7. Mais se acrescenta que o clube está disposto a utilizar todos os meios legais, de forma a defender o seu bom nome e a sua honra. Neste momento está mesmo colocada a hipótese de solicitarmos a suspensão da presença no Campeonato Pró Nacional ou de não se proceder à inscrição de outras equipas;

8. Da mesma forma, com a mesma coragem e determinação, com que lutamos para que o Vieira SC não acabasse, reduzindo o passivo em mais de 150.000€, aumentando o número de jovens da formação para cerca de 200 e restaurando a credibilidade do clube junto da sociedade, vamos defender o clube nesta situação que consideramos totalmente injusta, mas que terá uma resposta à altura da nossa parte!

9. Apela-se a todos os sócios e simpatizantes para que mantenham o apoio incondicional ao clube e, neste caso particular, à nossa equipa sénior que tem demonstrado uma qualidade, determinação e união exemplares, claramente ao nível dos pergaminhos do Grande Vieira Sport Clube!

Vieira do Minho, 23 de agosto de 2019

O Presidente da Direção do Vieira Sport Clube, 
_____________________________
Pedro Miguel Araújo

Caução pela empresa concorrente às obras de requalificação da EB 2,3/S Vieira de Araújo já foi entregue nos serviços da município de Vieira do Minho.

O Processo de concurso da EB 2,3/S vieira de Araújo chegou ao fim com a apresentação da caução pela empresa concorrente à obra. António Cardoso Presidente da autarquia, espera no inicio desta semana concluir a assinatura do contrato para enviar a documentação para o Tribunal de contas, como disse à Rádio Alto Ave.

Grande Prémio do Minho: Jhonatan Chaves coroado em Castro Laboreiro

O colombiano Jhonatan Chaves (Team Ingenieria de Vías/Monsalud) é o vencedor do 31.º Grande Prémio do Minho, depois de hoje ter sido o oitavo classificado na terceira e última etapa, uma ligação de 105,6 quilómetros entre Melgaço e Castro Laboreiro, ganha pelo chileno Cristobal Ramirez (Arte em Transfer/LPS).

A etapa decisiva foi endurecida desde o começo, com o pelotão a optar por um ritmo elevado, que não permitiu que os corredores interessados no protagonismo de uma fuga tivessem sucesso.

 O encadear de dificuldades deixou treze corredores em cabeça de corrida. Foi esse grupo que abordou na frente a escalada final, de primeira categoria, para Castro Laboreiro. A longa extensão da subida fez com que alguns dos ciclistas mais adiantados perdessem posições, permitindo o aproximar de trepadores vindos de trás.

O camisola amarela, Jhonatan Chaves, esteve sempre atento e controlou as movimentações. Do grupo em cabeça de corrida apenas conseguiu sair Cristobal Ramírez, que começou a etapa com quase dois minutos de atraso para o topo da geral.

O chileno desferiu um forte ataque a 5 quilómetros do final e conseguiu cortar a meta na frente, ao fim de 2h56m46s de corrida. O grupo dos principais candidatos demorou mais 20 segundos, com Thomas Silva (Arte en Transfer/LPS) e João Carvalho (Bairrada) nas posições imediatas.

Jhonatan Chaves assumiu o comando na primeira etapa em linha e nunca mais largou a camisola amarela. Terminou a competição com uma vantagem de 58 segundos sobre João Macedo (Bairrada) e de 1m01s para Daniel Morales (Fundación Lintxu/GD Indarra), segundo e terceiro, respetivamente.

O belga Joran Wyseure (ACROG/Pauwels Sauzen/Balen BC) venceu a classificação por pontos (camisola amarela – Score Tech), André Domingos (Escola de Ciclismo Bruno Neves) conquistou o estatuto de melhor trepador (camisola azul – Arrecadações da Quintã), Fábio Fernandes (Efapel/Escola de Ovar) foi o melhor júnior de primeiro ano (camisola laranja – Cision) e João Silva (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) destacou-se entre os minhotos (camisola branca – Universidade do Minho). Por equipas venceram os colombianos da Team Ingeniería de Vías/Monsalud.

Destinado ao escalão de juniores e organizado pela Associação de Ciclismo do Minho, em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo, o 31º Grande Prémio do Minho contou com um pelotão de cerca centena e meia de ciclistas em representação de 24 equipas, 17 portuguesas, uma belga, uma colombiana e cinco espanholas.

Ciclo do Pão – Uma viagem pela tradição

A tradição voltou a cumprir-se, na freguesia de Campos, com a realização do Ciclo do Pão, uma iniciativa que avivou memórias de uma das mais antigas tradições de que há memória.

Os cerca de 50 participantes tiveram a oportunidade de no Forno Comunitário de Campos conhecer a história da confecção da broa de milho, um processo através do método tradicional que vai desde o amassar a massa até à saída da broa do forno depois de cozida.

Para além da aprendizagem sobre o processo de confecção da broa e sua degustação, a actividade incluiu também uma caminhada a um dos moinhos tradicionais que ainda se encontra em funcionamento.

No final, houve convívio entre os participantes e os habitantes de Campos, com degustação de broa e porco no espeto. A concretização desta iniciativa do Município de Vieira do Minho teve o apoio da Associação para a Preservação da Identidade da Freguesia de Campos.

Feira Mostra do Associativismo com balanço positivo

Chegou este domingo dia 21 de Julho ao fim a Feira Mostra do Associativismo, uma iniciativa da Câmara Municipal de Vieira do Minho.

Ao longo dos três dias, várias centenas de pessoas visitaram a sede do Concelho e, em simultâneo, tiveram contacto com a história e com o trabalho desenvolvido pelas associações locais.

Na Feira Mostra do Associativismo estiveram representadas quarenta e três associações, e de acordo com o presidente do Município, António Cardoso, “a iniciativa revestiu-se de êxito, não só pela forte afluência de público, como também pela dinâmica demonstrada pelas colectividades no desenvolvimento do seu trabalho em prol da comunidade”.

Para além do trabalho realizado ao longo do ano algumas das associações brindaram o publico com alguns momentos recreativos musicais.

A Feira Mostra terminou com a actuação do Grupo Musical Banda Sabor e com a entrega de diplomas às associações participantes pelo presidente da Câmara Municipal, António Cardoso, e o cheque às duas Associações que se destacaram durante a Feira Mostra, nomeadamente a Associação Patinhas Abandonadas e os Bombeiros Voluntários de Vieira do Minho. Em simultâneo decorreu a XXVIII edição da Festa da Rádio Alto Ave.

Ciclo do Pão, uma viagem pela tradição

Sábado, dia 27 de Julho, Vieira regressa à tradição com uma viagem pelo “Ciclo do Pão”.

Neste dia, os turistas vão partir do Posto de Turismo em direção ao Forno Comunitário de Campos para conhecer a história de uma das mais antigas tradições de que há memória, o fabrico do pão.

In loco, os participantes nesta atividade vão poder conhecer algumas curiosidades sobre a origem e a história do pão e manusear alguns dos utensílios associados à sua confeção.

Para além da vertente cultural, esta atividade prima também pela partilha e pelo convívio que gera entre os participantes.

A atividade inicia pelas 14h00, com a receção aos participantes no posto de turismo de Vieira do Minho, rumando depois para a aldeia de Campos , Aldeia de Portugal. Para além da recriação do “ Ciclo do Pão”, o programa integra, ainda uma caminhada ao moinho tradicional da aldeia, prova e degustação da broa confecionada e porco no espeto.

Para além da parte cultural, esta actividade também vai contar com animação musical.

Grande Prémio do Minho em ciclismo em Vieira do Minho

O Grande Prémio do Minho em ciclismo regressa à estrada de 25 a 28 de julho com Melgaço, Guimarães e Vieira do Minho a assumirem um papel de destaque no desenrolar da competição. Destinado ao escalão de juniores e organizado pela Associação de Ciclismo do Minho, em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo, o 31º Grande Prémio do Minho será disputado por um pelotão de cerca de centena e meia de ciclistas em representação de 24 equipas, 17 portuguesas, uma belga, uma colombiana e cinco espanholas.

Com o arranque da competição em Melgaço com um contrarrelógio por equipas, a primeira etapa terá início no centro da cidade de Guimarães e terminará em Santo Antonino, na freguesia vimaranense de Mesão Frio. Vieira do Minho, terra de encantos, ao acolher a partida e chegada da segunda etapa será o concelho que ajudará a definir o vencedor da 31ª edição do Grande Prémio do Minho. O pelotão rumará no último dia até Melgaço, o Município mais a Norte de Portugal, para enfrentar um trajeto delineado no “destino de natureza mais radical de Portugal” que terminará em Castro Laboreiro onde no ano passado se assistiu a uma chegada épica do Grande Prémio do Minho.

Passagem em Vieira do Minho

2ª etapa – Sábado, 27 de julho de 2019

Vieira do Minho > Vieira do Minho – 97 km´s

Vieira do Minho – Terra de Encantos

Partida: 13h00 – Avenida Barjona de Freitas (Vieira do Minho)

Chegada: 15h33 – Avenida Barjona de Freitas (Vieira do Minho)

Metas Prémio da Montanha

• Serradela (1ª catª) – Km 43,4 (melhor horário: 14h08) – MM Arrecadações da Quintã

Metas Volantes

• Vieira do Minho (passagem pela meta) – Km 19,3 (melhor horário: 13h30) – MV SCORE Tech

• Vieira do Minho (passagem pela meta) – Km 75,1 (melhor horário: 14h58) – MV SCORE Tech

Feira do Associativismo, este fim-de-semana, em Vieira do Minho

Este fim-de-semana, Vieira do Minho acolhe a feira do Associativismo do concelho. A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Vieira do Minho.

A Feira do Associativismo decorre de 19 a 21 de julho, em frente aos Paços do Município e pretende, uma vez mais, promover e divulgar o trabalho desenvolvido pelas Associações concelhias.

Durante os três dias de certame, as coletividades vão expor os trabalhos, os trajes, os troféus e as atividades desenvolvidas, no sentido de dar a conhecer o trabalho e a força do associativismo, dos artesãos e dos produtores locais.

Durante a iniciativa estão, ainda previstas atividades recreativas e de  animação como folclore, filarmónicas, colóquios, cantares ao desafio, concertinas, cavaquinhos, ginástica rítmica, bombos e muito mais.

A cerimónia de abertura do certame está agendada para as 18h00, de sexta-feira conta com a animação do Grupo de Bombos “ Os Trampolineiros de Vieira” e Coro Juvenil de Vieira do Minho.

 De salientar que nesta mostra vão participar cerca de 43 coletividades.

Tratando-se de um evento de reconstrução social e cultural que merece ser enaltecido e olhado com carinho, a Câmara Municipal de Vieira do Minho convida todos os Vieirenses a visitarem o certame, incentivando e estimulando as Associações Locais pelo papel e trabalho desenvolvido em prol do desenvolvimento do Concelho.

De referir, ainda que paralelamente à feira Mostra do associativismo decorre também a Festa da Rádio Alto Ave.

Falar D´Aqui 14 de Julho – Associações locais

Em destaque no programa Falar D´Aqui de domingo 14 de Julho o Associativismo no concelho de Vieira do Minho a propósito da Feira Mostra de Associativismo que se realiza no próximo fim de semana. Carina Pedro da Associação Desafios, João Gonçalves e Luana Carvalho do Ginásio Clube de Vieira e Narcisa Rodrigues da Associação Patinhas Abandonadas de apoio a animais, falaram da Importância pessoal das organizações, o voluntariado e acção social das Associações no concelho.