Covid-19. Google Maps vai mantê-lo informado sobre número de casos

O Google Maps encontra-se a desenvolver e a lançar mais funcionalidades pensadas para ajudar os utilizadores a lidar com a pandemia de Covid-19. A mais recente exibe a tendência dos números de casos de Covid-19 numa determinada área, permitindo-lhe saber se estão a aumentar ou a diminuir.

Esta é uma medida que será sem dúvida útil para as viagens da época festiva que se aproxima, permitindo que os utilizadores saibam antecipadamente como está a situação no destino. Além disso, o Maps também informará os utilizadores sobre as restrições e diretrizes locais de determinada área.

Estas funcionalidades começarão a chegar aos utilizadores do Google Maps ao longo das próximas semanas e ficarão disponíveis tanto no Android como no iOS.

Despesas no veterinário vão dar mais descontos no IRS

As famílias vão poder deduzir ao seu IRS 50% do IVA suportado em despesas com veterinários, incluindo medicamentos para animais, escreve o Jornal de Negócios esta sexta-feira.

A medida resulta de uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) apresentada pelo PAN, já negociada e aceite pelo Governo.

A proposta do partido Pessoas-Animais-Natureza prevê, assim, um aumento da parcela do IVA relativo aos veterinários que pode ser deduzida no IRS: 50% em vez dos atuais 15%.

“De acordo com a DECO, as despesas com os animais de companhia representam, pelo menos, cerca de 12% do orçamento familiar”, lê-se na nota justificativa da proposta do PAN, citada pelo Jornal de Negócios.

Ao contrário do que acontece com as despesas com médicos, as contas do veterinário não contam para a dedução do IRS com saúde, lembra o PAN. O prazo para entregar as propostas de alteração ao OE2021 termina esta sexta-feira. Até agora, já há mais de 700 propostas e o número deverá aumentar

Virologista Pedro Simas “Talvez, em dezembro já possa haver a vacina disponível”

Virologista Pedro Simas faz uma análise sobre a vacina que está a ser desenvolvida pela Pfizer. Admitindo que esta poderá chegar aos portugueses até ao final do ano, o especialista sublinha que é necessário fazer uma avaliação com cautela, considerando que ainda não foi disponibilizada informação científica significativa sobre esta vacina.

Após ter sido revelado que a vacina da farmacêutica norte-americana Pfizer mostra mais de 90% de eficácia, o virologista Pedro Simas admitiu que estas podem ser já disponibilizadas até ao final do ano, incluindo em Portugal.

“Talvez, em dezembro já possa haver a vacina disponível”, considerou o especialista, ontem à noite, em declarações à RTP.

Explicando que esta vacina, a par da que está a ser desenvolvida pela Moderna, utiliza uma nova tecnologia que leva o tratamento a ser conservado a temperaturas muito baixas (cerca de 80 graus negativos), Pedro Simas argumentou que esta particularidade pode dificultar ligeiramente “a administração e distribuição da vacina pelo mundo”.

Ainda assim, o virologista não considerou que esta característica seja um obstáculo para administração da vacina até ao final do ano: “Penso que, na Europa, estamos preparados para esse tipo de vacinas e para fazer com a vacina rapidamente chegue às pessoas, que chegará aos portugueses também”.

Mas, ainda que esta nova informação seja uma “ótima notícia”, Pedro Simas sublinhou que “é preciso ter alguma cautela também”. Segundo o especialista, o comunicado de imprensa sobre a eficácia da vacina carece de informação científica.

“Há muito pouca informação. A informação relativa aos 90% de proteção contra sinais clínicos de infeção nada diz em relação à proteção da infeção no apoio respiratório superior e mesmo dos pulmões. Também não sabemos se vai proteger contra os assintomáticos ou contra a doença severa. Mas, tudo indica que sim”, clarificou.

A vacina que está a ser desenvolvida pela Pfizer e pela sua parceira alemã BioNTech está entre 10 possíveis vacinas candidatas em fase final de testes em todo o mundo – quatro delas até agora em grandes estudos nos Estados Unidos. Outra farmacêutica americana, a Moderna, também já disse que espera poder entrar com um pedido na Food and Drug Administration (FDA), o regulador dos medicamentos nos Estados Unidos, ainda este mês.

Note-se que a Food and Drug Administration – entidade reguladora do medicamento – estabelece três condições para aprovar uma vacina: eficácia, segurança, e se a empresa é capaz de a produzir em grande escala. A Pfizer julga que as três condições estarão reunidas até à terceira semana de novembro.

Filhos com menos de 12 anos em isolamento? Pais podem pedir subsídio

A Segurança Social lembra que os trabalhadores que não possam exercer a sua atividade por motivos de assistência a filhos ou outro dependente a cargo, menores de 12 anos, ou com deficiência/doença crónica em situação de isolamento profilático podem ter acesso a um subsídio.

“No atual contexto de pandemia, caso seja decretado o isolamento profilático pelas entidades que exercem o poder de autoridade de saúde (delegado de saúde), de criança menor de 12 anos ou, independentemente da idade, com deficiência ou doença crónica, poderá ser atribuído o subsídio para assistência a filho e a neto”, lembra a Segurança Social, numa nota publicada no sei site.

Qual é o valor do subsídio a receber? “Tem direito a subsídio por assistência a filho, de valor correspondente a 100% da remuneração de referência líquida, tendo como limite mínimo 65% da remuneração ilíquida. Este valor está em vigor desde 01 de abril de 2020. Caso se trate de assistência a neto, o valor do subsídio corresponde a 65% da remuneração de referência”, pode ler-se na página da Segurança Social.

De sublinhar ainda que o subsídio tem a duração máxima de 14 dias.

Vieira Vigia + Voluntariado Jovem Para a Natureza e Floresta, inscrições abertas

No âmbito das suas acções de apoio à juventude, a Câmara Municipal de Vieira do Minho em estreita colaboração com a APOSC promovem pelo terceiro ano consecutivo o Programa Vieira Vigia + Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas.

Neste sentido, a autarquia informa que se encontram abertas as candidaturas para o Programa Jovem Voluntário, cujo objectivo é incentivar as acções de voluntariado através do apoio a jovens do Concelho.

Podem candidatar-se ao programa  os jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos de idade inclusive, mediante formalização de candidatura nos serviços de acção Social da Câmara Municipal de Vieira do Minho.

Os jovens seleccionados irão desenvolver acções de voluntariado tais como: sensibilização da população para a preservação da natureza, florestas e respectivos ecossistemas; inventariação e monitorização de espécies animais e vegetais em risco; inventariação, sinalização e manutenção de caminhos florestais e acessos a pontos de água; actividades de reflorestação; actividades controlo de espécies invasoras; vigilância móvel, a pé ou de bicicleta, nas áreas definidas pelas entidades locais de coordenação; vigilância fixa nos postos de vigia; inventariação de áreas necessitadas de limpeza e limpeza e manutenção de parques de lazer, entre outras.

Os jovens ficam obrigados à prestação de 5 horas diárias, entre as 9h00 e 21h00, incluindo sábados, domingos e feriados, recebendo por isso um subsídio no valor de 200 euros, por projecto.

De referir ainda que este programa é promovido pelo IPDJ e conta com o apoio das Juntas de Freguesia do Concelho e dos Bombeiros Voluntários de Vieira do Minho.

Vieira do Minho vai ter um Centro de BTT

Vieira do Minho vai ter um Centro de BTT, localizado no Parque de Campismo, enquadrado num ambiente natural paradisíaco, terá uma instalação de apoio, dotada de duas áreas, para que os praticantes da modalidade possam usufruir de alguns equipamentos, como balneários e uma zona de para guardar as bicicletas.

O Centro de BTT de Vieira do Minho terá 5 percursos, devidamente sinalizados, com diferentes níveis de dificuldade, homologados pela Federação Portuguesa de Ciclismo.

Este Centro integra uma rede de equipamentos municipais vocacionados para a preservação e promoção da identidade local, receção e apoio aos visitantes de Vieira do Minho.

Será a partir desse edifício de apoio que as pessoas irão começar ou terminar a sua aventura, nos diversos percursos definidos.

Queixa do PS de Vieira do Minho contra o actual Executivo arquivada

O Juiz de instrução da Comarca de Braga, proferiu no dia 5 de Junho o despacho de não pronúncia sobre o caso que imputava ao presidente da Câmara de Vieira do Minho e a dois vereadores do crime de prevaricação e de abuso de poder, depois de uma queixa apresentada pelo ex-presidente de Câmara do Partido Socialista e da secção local, Jorge Dantas.

Recorde-se que o Ministério Público deduziu acusação contra o presidente do município António Cardoso, os vereadores Afonso Barroso, Paulo Miranda e a irmã deste, imputando a todos eles a prática de um crime de prevaricação e de um crime de abuso de poder, aquando do processo de internalização da ex-funcionária da Empresa Municipal EPMAR.

Anteriormente, o Tribunal Fiscal e Administrativo de Braga entendeu que o processo cumpria com a legislação aplicável, tendo o mesmo sido arquivado.

Agora, o Tribunal Judicial de Braga entendeu, igualmente, que não há indícios da prática de qualquer crime, decidindo pelo arquivamento do processo.

Os visados ponderam agora apresentar queixa contra o ex-autarca, Jorge Dantas, pelo facto de este não ter permitido que a referida funcionária usasse dos seus direitos de internalização, tal como a lei lhe conferia.

Festivais de verão proibidos em Portugal até 30 de setembro

Foi hoje decidida em Conselho de Ministros a proibição dos festivais de verão em Portugal até 30 de setembro.

A medida prende-se com o contexto de pandemia de covid-19 e afeta a realização de todos os grandes festivais de verão em Portugal.

Em comunicado, escreve-se que, por essa razão, fica proibida “a realização de festivais de música, até 30 de setembro de 2020”, impondo-se ainda “a adoção de um regime de caráter excecional dirigido aos festivais de música que não se possam realizar no lugar, dia ou hora agendados, em virtude da pandemia”.

Para os espetáculos que se realizassem entre 28 de fevereiro de 2020 e 30 de setembro de 2020, e que não possam acontecer devido à pandemia, o Governo estabeleceu “a emissão de um vale de igual valor ao preço do bilhete de ingresso pago, garantindo-se os direitos dos consumidores”.

O prazo temporal dado pelo Governo atinge não só os festivais que mantinham as datas originalmente previstas (NOS Alive, Super Bock Super Rock, MEO Sudoeste, Vodafone Paredes de Coura e EDP Vilar de Mouros, entre outros), como também o NOS Primavera Sound, que fora adiado de junho para 3, 4 e 5 de setembro.

Ralicrosse de Montalegre reagendado para outubro

A prova estava inicialmente prevista para o fim de semana de 2 e 3 de maio, mas foi adiada devido à COVID-19.

A prova de Montalegre do Mundial de Ralicrosse (WRX) deverá ser adiada para o dia 11 de outubro, anunciou hoje a organização do campeonato.

Inicialmente prevista para o fim de semana de 02 e 03 de maio, mas adiada devido à pandemia da covid-19, a jornada portuguesa, que este ano regressa ao calendário mundial após um ano de ausência, foi hoje reagendada para o fim de semana de 09 a 11 de outubro.

Será a quinta de oito provas previstas no Mundial de Ralicrosse (WRX), cujo início ficou aprazado para 23 de agosto, na Suécia.

Seguem-se as jornadas de França, Letónia e Bélgica antes da jornada lusa. O campeonato prossegue, depois, para Espanha e Abu Dhabi, ainda em outubro, antes da ronda final, na Alemanha, já a 13 de dezembro.

O Mundial de Ralicrosse é um dos campeonatos da Federação Internacional do Automóvel, que tem, ainda, sob a sua égide, os campeonatos de Fórmula 1, Ralis, Resistência, Fórmula E e Todo-o-Terreno.

Com a declaração de pandemia, em 11 de março, inicialmente alguns eventos desportivos foram disputados sem público, mas, depois, começaram a ser cancelados, adiados – nomeadamente os Jogos Olímpicos Tóquio2020, o Euro2020 e a Copa América – ou suspensos, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais de todas as modalidades.

Fins-de-Semana Gastronómicos “Sabores de Vieira”

O Município de Vieira do Minho apresenta os Fins-de-Semana Gastronómicos “Sabores de Vieira”.

Com a primeira data marcada para os dias 22 e 23 de fevereiro, o tradicional Cozido à Portuguesa é a estrela, um clássico nesta época carnavalesca.

A gastronomia é uma das principais áreas de interesse turístico do concelho e constitui um elemento impulsionador de atracão turística. Neste sentido, e de forma a combater a sazonalidade, os Fins-de-Semana Gastronómicos “Sabores de Vieira” pretendem levar, todos os meses, à mesa dos restaurantes de Vieira do Minho o melhor da gastronomia local.

Em Março, os apreciadores do cozido local “Couves com Feijão” poderão degustar este prato emblemático nos dias 8 e 9 de Março. Esta iniciativa conta com a adesão dos seguintes restaurantes: Adega Regional A Tasquinha, Adelaide, Arijal, Bela Vista, Casa Pancada, Central, Florida, Fonte dos Amores, Martins, Nascente do Ave, Pousada da Caniçada, Retiro da Cabreira, São Martinho, Senhora da Fé, Sol da Cabreira, Zé da Estrada e 1000 Gramas de Sabor