Race Nature em Vieira do Minho dias 27, 28 e 29 de Setembro

Vieira do Minho acolhe, este fim de semana o Race Nature. Trata-se de uma prova desportiva de bicicletas de montanha (onde poderão também participar bicicletas com motor, no entanto estes atletas estão sujeitos a uma classificação diferente), com orientação por GPS, aberta à participação de qualquer pessoa com mais de 18 anos de idade.

O Race Nature Vieira do Minho 2019, vai  decorrer nos dias 27, 28 e 29 de Setembro de 2019 na região de Vieira do Minho. A Biketreino é a entidade responsável pela organização e promoção da prova, em conformidade com os regulamentos da Federação Portuguesa de Ciclismo. Os concorrentes competem a solo ou em equipas de 2 elementos, que nunca podem circular afastados mais do que um minuto entre si, guiados apenas por GPS individual, num percurso obrigatório.

De salientar, ainda que a prova conta com o apoio do Município de Vieira do Minho e com a participação de mais de 150 atletas.

O Race Nature Vieira do Minho 2019, é constituído por etapas. Assim, no dia 27 de setembro, sexta-feira  realiza-se o Prólogo de 4kms, com partida em frente à Câmara Municipal  às 19h30. No dia  28 de setembro, sábado, realiza-se a etapa 1 com a extensão de  80 kms e partida às 9h00. No dia 29 de setembro, domingo, a etapa 2 de 70 kms  com partida às 9h00. A cerimónia de entrega dos prémios acontecerá às 15h00.

Vieira SC recorre do castigo imposto pela AF Braga

Vieira derrotado pelo Conselho de disciplina da AF Braga no jogo da primeira jornada diante o Vilaverdense.

A Direção do Vieira na pessoa do seu Presidente (Pedro Araújo), em declarações à Rádio Alto Ave, diz que o processo de inscrição do clube na AF Braga estava legal e em conformidade. O Presidente da direção do Vieira estranha o não contacto da AF Braga antes da deliberação do CD da Associação em relação ao assunto.

O Clube de Vieira do Minho quer a verdade e já está a preparar o recurso. A quebra de confiança que existe é neste momento o mais grave.

A relação com A AF Braga é boa, mas alguém terá que assumir essa responsabilidade, não pode ser sempre o parente mais “pobre”

Clube emitiu comunicado, que lhe deixamos aqui:

A Direção do Vieira Sport Clube foi surpreendida pelo comunicado do Conselho de Disciplina da AF Braga, no qual é aplicada a derrota no último jogo, à qual acresce uma multa. Segundo os decisores, o Vieira Sport Clube terá utilizado jogadores de forma irregular.
Assim, perante os fatos, a Direção do Vieira Sport Clube entende tecer as seguintes considerações:

1. Como habitual, o Vieira Sport Clube procede á entrega de todo o processo de inscrição da equipa, onde se inclui jogadores, diretores e equipa técnica, pessoalmente, nos serviços da AF Braga, nunca tendo existido qualquer situação semelhante à que alegam;

2. O processo foi todo confirmado, como habitual, pelos nossos serviços, de forma a que tudo decorra dentro da normalidade, como aconteceu nas 3 épocas anteriores;
3. Segundo a AF Braga, estão em falta 3 processos referentes a 3 jogadores, processos estes que foram anexados aos restantes e devidamente confirmados;

4. A comprovar a boa-fé do clube, está o facto de os referidos atletas terem realizado os exames médicos que estão na posse da AF Braga, o que só comprova que o clube trabalhou de forma exemplar;

5. A Direção do Vieira Sport Clube estranha toda esta situação, uma vez que em momento algum foi contactada de forma a esclarecer a mesma, esquecendo o bom nome do Clube e toda a retidão com que tem trabalhado nos últimos anos.

6. A Direção do Vieira Sport Clube esclarece todos os interessados, em particular sócios e adeptos, que está a elaborar uma defesa intransigente de forma a que se apure a verdade dos fatos e que seja reposto o resultado do trabalho dos nossos atletas em campo,

7. Mais se acrescenta que o clube está disposto a utilizar todos os meios legais, de forma a defender o seu bom nome e a sua honra. Neste momento está mesmo colocada a hipótese de solicitarmos a suspensão da presença no Campeonato Pró Nacional ou de não se proceder à inscrição de outras equipas;

8. Da mesma forma, com a mesma coragem e determinação, com que lutamos para que o Vieira SC não acabasse, reduzindo o passivo em mais de 150.000€, aumentando o número de jovens da formação para cerca de 200 e restaurando a credibilidade do clube junto da sociedade, vamos defender o clube nesta situação que consideramos totalmente injusta, mas que terá uma resposta à altura da nossa parte!

9. Apela-se a todos os sócios e simpatizantes para que mantenham o apoio incondicional ao clube e, neste caso particular, à nossa equipa sénior que tem demonstrado uma qualidade, determinação e união exemplares, claramente ao nível dos pergaminhos do Grande Vieira Sport Clube!

Vieira do Minho, 23 de agosto de 2019

O Presidente da Direção do Vieira Sport Clube, 
_____________________________
Pedro Miguel Araújo

Grande Prémio do Minho: Jhonatan Chaves coroado em Castro Laboreiro

O colombiano Jhonatan Chaves (Team Ingenieria de Vías/Monsalud) é o vencedor do 31.º Grande Prémio do Minho, depois de hoje ter sido o oitavo classificado na terceira e última etapa, uma ligação de 105,6 quilómetros entre Melgaço e Castro Laboreiro, ganha pelo chileno Cristobal Ramirez (Arte em Transfer/LPS).

A etapa decisiva foi endurecida desde o começo, com o pelotão a optar por um ritmo elevado, que não permitiu que os corredores interessados no protagonismo de uma fuga tivessem sucesso.

 O encadear de dificuldades deixou treze corredores em cabeça de corrida. Foi esse grupo que abordou na frente a escalada final, de primeira categoria, para Castro Laboreiro. A longa extensão da subida fez com que alguns dos ciclistas mais adiantados perdessem posições, permitindo o aproximar de trepadores vindos de trás.

O camisola amarela, Jhonatan Chaves, esteve sempre atento e controlou as movimentações. Do grupo em cabeça de corrida apenas conseguiu sair Cristobal Ramírez, que começou a etapa com quase dois minutos de atraso para o topo da geral.

O chileno desferiu um forte ataque a 5 quilómetros do final e conseguiu cortar a meta na frente, ao fim de 2h56m46s de corrida. O grupo dos principais candidatos demorou mais 20 segundos, com Thomas Silva (Arte en Transfer/LPS) e João Carvalho (Bairrada) nas posições imediatas.

Jhonatan Chaves assumiu o comando na primeira etapa em linha e nunca mais largou a camisola amarela. Terminou a competição com uma vantagem de 58 segundos sobre João Macedo (Bairrada) e de 1m01s para Daniel Morales (Fundación Lintxu/GD Indarra), segundo e terceiro, respetivamente.

O belga Joran Wyseure (ACROG/Pauwels Sauzen/Balen BC) venceu a classificação por pontos (camisola amarela – Score Tech), André Domingos (Escola de Ciclismo Bruno Neves) conquistou o estatuto de melhor trepador (camisola azul – Arrecadações da Quintã), Fábio Fernandes (Efapel/Escola de Ovar) foi o melhor júnior de primeiro ano (camisola laranja – Cision) e João Silva (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) destacou-se entre os minhotos (camisola branca – Universidade do Minho). Por equipas venceram os colombianos da Team Ingeniería de Vías/Monsalud.

Destinado ao escalão de juniores e organizado pela Associação de Ciclismo do Minho, em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo, o 31º Grande Prémio do Minho contou com um pelotão de cerca centena e meia de ciclistas em representação de 24 equipas, 17 portuguesas, uma belga, uma colombiana e cinco espanholas.

Grande Prémio do Minho em ciclismo em Vieira do Minho

O Grande Prémio do Minho em ciclismo regressa à estrada de 25 a 28 de julho com Melgaço, Guimarães e Vieira do Minho a assumirem um papel de destaque no desenrolar da competição. Destinado ao escalão de juniores e organizado pela Associação de Ciclismo do Minho, em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo, o 31º Grande Prémio do Minho será disputado por um pelotão de cerca de centena e meia de ciclistas em representação de 24 equipas, 17 portuguesas, uma belga, uma colombiana e cinco espanholas.

Com o arranque da competição em Melgaço com um contrarrelógio por equipas, a primeira etapa terá início no centro da cidade de Guimarães e terminará em Santo Antonino, na freguesia vimaranense de Mesão Frio. Vieira do Minho, terra de encantos, ao acolher a partida e chegada da segunda etapa será o concelho que ajudará a definir o vencedor da 31ª edição do Grande Prémio do Minho. O pelotão rumará no último dia até Melgaço, o Município mais a Norte de Portugal, para enfrentar um trajeto delineado no “destino de natureza mais radical de Portugal” que terminará em Castro Laboreiro onde no ano passado se assistiu a uma chegada épica do Grande Prémio do Minho.

Passagem em Vieira do Minho

2ª etapa – Sábado, 27 de julho de 2019

Vieira do Minho > Vieira do Minho – 97 km´s

Vieira do Minho – Terra de Encantos

Partida: 13h00 – Avenida Barjona de Freitas (Vieira do Minho)

Chegada: 15h33 – Avenida Barjona de Freitas (Vieira do Minho)

Metas Prémio da Montanha

• Serradela (1ª catª) – Km 43,4 (melhor horário: 14h08) – MM Arrecadações da Quintã

Metas Volantes

• Vieira do Minho (passagem pela meta) – Km 19,3 (melhor horário: 13h30) – MV SCORE Tech

• Vieira do Minho (passagem pela meta) – Km 75,1 (melhor horário: 14h58) – MV SCORE Tech

Vieirenses vão participar na Taça d’Ouro – Especial Rally Sprint Póvoa de Lanhoso

A Taça d’Ouro – Especial Rally Sprint Póvoa de Lanhoso está de volta! A 2ª edição da Taça D´Ouro, organizada pelo Município da Póvoa de Lanhoso, Clube Automóvel do Minho e Team Baia., realiza-se no dia 06 de Julho de 2019, e será um sábado de espectáculo na Póvoa de Lanhoso.

A Taça d’Ouro – Especial Rally Sprint Póvoa de Lanhoso é uma prova automobilística com características de “Super Especial” ou “Especial Sprint” e desenrolar-se-á no Centro da Vila da Póvoa de Lanhoso.

As inscrições encerraram no dia 1 de Julho. Está ainda prevista a presença de carros de shows do Campeonato de Portugal de Drift.

São 51 as equipas que vão estar presentes nesta edição da Taça d´Ouro na Póvoa de Lanhoso, sendo 3 oriundas do Concelho de Vieira do Minho:

Ricardo Marques\Paulo Marques

Filipe Ferreira\Rui Rocha

António Carvalho\ND

Conheça a data do arranque dos trabalhos das equipas Pró-Nacional, e saiba quem são os Treinadores das equipas.

Está ai a nova época desportiva, com o inicio dos trabalhos das equipas da Pró-nacional. Inicio do campeonato a 17/18 de Agosto.

As oficinas dos clubes que compõem o Campeonato da Pró-Nacional 2019/2020 abrem entre 15 e 25 de Julho. O inicio “Precoce” do campeonato obriga a esforços suplementares dos clubes, que não vão poder contar com os jogadores a participar na totalidade nos trabalhos da pré-época, dificultando assim o plano de trabalho e a vida aos treinadores. O Campeonato tem a primeira jornada já em Agosto, dias 17 e 18.

Vieira SC – 22 de Julho

Treinador – Roger Bastos

Forjães SC – 22 Julho

Treinador – Carlos Viana

Ribeirão FC – 22 Julho

Treinador – Emanuel Costa

Brito SC – 22 Julho

Treinador – Filipe Gonça

U. Torcatense – 22 Julho

Treinador – Francisco Branco

Vilaverdense FC – 15 Julho

Treinador – Hugo Santos

Pevidém SC – 15 Julho

Treinador – João Pedro Coelho

Santa Maria FC – 22 Julho

Treinador – João Salgueiro

GD Prado – 22 Julho

Treinador – José Nuno Azevedo

Foto D. Vale do Homem

Dumiense CJPII – 15 Julho

Treinador – Marco Campos

GD Joane – 22 Julho

Treinador – Miguel Paredes

SC Cabreiros – 18 Julho

Treinador – Miguel Veiga

GD Porto D´Ave – 16 Julho

Treinador – Nelson Martinho

CCD Santa Eulália – 22 Julho

Treinador – Nelson Silva

S. Paio D´Arcos FC – 15 Julho

Treinador – Ricardo Correia

Arões SC – 25 Julho

Treinador – Rui Novais

GD Serzedelo – 22 Julho

Treinador – Vítor Pacheco

CC Taipas – 8 Julho

Treinador –

Departamento de Desporto R.A.A.

Mercado:-

Gil renova com o Arões. Castro ex; Vieira reforça a AD Pica

Pró-Nacional:

GD Joane: Luis Paulo, Gomes e Sérgio renovam por uma época.

Pevidém SC: Totas ex; Joane é reforço para o ataque.

CC Taipas: Rui Rampa e Fred são reforços.  

Arões SC: Gil renova por um ano.

Divisão de Honra:

ACD Pica: Castro ex; Vieira, Ribeiro ex; Joane e Toninho ex; Mondinense são reforços.

GFC Pousa: José Pedro ex; Merelinense é reforço.

Primeira Divisão:

O. Campelos: 6 reforços confirmados, Rui Sampaio ex; Caíde de Rei, Lima ex; Sandinenses, Hugo ex; Brito “juniores”, Tiago ex; Ases Sta Eufémia, Tiago Manuel ex; Sandinenses e André que regressa após paragem.

Mercado:

Clubes preparam a nova época desportiva, renovações e reforços ocupam várias horas aos dirigentes e treinadores. Qualidade não falta como temos dado conta no mercado.

Pevidém SC: André “Preto” renova por uma época e segue para a terceira consecutiva a lutar pelo lugar da baliza.

Brito SC: Kiko reforça a defesa.

AFC Martim: Ricardo Peão ex; GDR Esporões é reforço.

ACR Guilhofrei: Daniel Soares e Diogo Vale reforçam eixo da defesa.

Gonça: Petit ex; Fareja é reforço.

UD S. Veríssimo: Pedro Cascalho é reforço e acrescenta experiência à equipa.

SC Ucha: Zé Diogo seguro por mais uma época.